Print da semana: Paisley

Paisley é um motivo de origem persa e indiana, em forma de gota ou semente, comum no Irã e em países do sul e centro da Ásia. É conhecido em persa como Boteh Jegheh e tem sido utilizado no Irã desde a Dinastia Sassânida (224 a 651 d.c).

As importações provenientes da Companhia das Índias Orientais, na primeira metade do século XVII, fez o paisley e outros padrões extremamente populares, de uma maneira que a Companhia não foi capaz de importar o suficiente para atender a demanda. Já no século XIX, os tecelões de Paisley, uma cidade na região central da Escócia, tornaram-se um dos principais produtores de xales de lã da Caxemira em teares manuais. Daí deriva o nome ocidental da estampa! Além disso, a cidade tornou-se um local-chave para a fabricação de algodão e outros tecidos impressos.

Nos anos 60 e 70, o padrão paisley foi fortemente identificado com o estilo psicodélico e o interesse na espiritualidade, provocado, dentre outras coisas, pela peregrinação dos Beatles pela Índia. Assim, voltou com força total à cena fashion.

Recentemente, a estampa foi revisitada e ganhou muitas cores, novos formatos, sendo amplamente utilizada por estilistas ao redor do mundo, tais quais Jil Sander, Stella McCartney, Jonathan Saunders, JW Anderson, Haider Ackermann e Clements Ribeiro, em suas coleções atuais.

Os artigos de decoração acompanharam essa moda e é possível encontrar todo tipo de objeto com essa estampa. Eis uma seleção para inspiração:

Imagens: aqui e aqui

Gostaram? Já viram qual é a estampa do mês de junho de Kate Spade?

 

This entry was posted in Print da semana and tagged , , , . Bookmark the permalink.